Pesquisar neste blogue

segunda-feira, novembro 29, 2010

Ricardo Passos

Um dos meus adultos preferidos de sempre (mesmo quando essa coisa de ser adulto estava lá muito longe)  vai mostrar de novo todo o seu brilho. :) Eu vou.


terça-feira, novembro 23, 2010

Macrobiótica

Comecei a semana passada este mini curso e estou a adorar :) Agora passo o tempo à espera da terça-feira! Pena serem só 5 aulas :(

http://www.e-macrobiotica.com/

segunda-feira, novembro 22, 2010

Laurear a pevide... a continuação de Melides na Galé!

Depois de um bom repasto por parte dos mosquitos, fomos à procura, pelas 6-7 da manhã, de um poiso. Dado o 'carote' dos parques da região, fomos para a já familiar Galé. Acampámos à bruta.

Vista da tenda ao acordar

Bidia Galé!

Pim Pinha

Fim da luz do dia

acampar à bruta é bom!


sexta-feira, novembro 19, 2010

Laurear a pevide...em Melides!

Uma noite de tasca acabou por dar numa viagem até Melides, meio ao acaso. Aqui estão fotos da Lagoa de Melides de madrugada. Um despertar especial, que foi cortado pelo apetite voraz das melgas e outros insectos famintos. 






[Abril de 2010]

quarta-feira, novembro 17, 2010

Laurear a pevide...

...gosto muito, e tento fazê-lo sempre que posso.

Este ano foi particularmente feliz neste aspecto, vai daí vou partilhar alguns dos sítios low cost por onde andei :) Porque também gosto muito de partilhar, ainda que 'virtualmente'.


Serra da Estrela

Serra da Estrela (tirada em movimento)

Quinta do Vale da Cabra

Quinta do Vale da Cabra
Meruge (tirada no carro)

 Quinta do Vale da Cabra (1º andar do bungalow)

Quinta do Vale da Cabra (ruínas)

Quinta do Vale da Cabra

[Abril de 2010]

quarta-feira, novembro 10, 2010

Casal do Paúl I

Por mim mudava-me já hoje.




segunda-feira, novembro 08, 2010

sem nexo

Hoje apetece-me escrever sem nexo... ou com todo o nexo incorporado nas palavras que vou expulsando. Dizer que quero ir para o campo, entoar a elis e "compor muitos rocks rurais". feltrar, fazer papinhas, adocicar o ar, dançar de pé descalço na terra molhada. Tudo imagens "à filme", que são sempre bucólicas em pensamento e demasiado reais quando são verdade. Física, pelo menos.
Mostrar que "isto" não me diz nada, que estas conversas não me interessam, e que nestes últimos tempos (que já vão longos) apenas interessam as minhas, e para mim. Que só eu mantenho a minha fogueira, e vão havendo dias que não tenho pachorra para a madeira.
Gritar que preciso, e sempre precisei, de actividades, de uma unidade social. Foram muitos anos a não ter nada a ver com ninguém, com nada.
e hoje apetece-me não dizer mais nada. Porque tenho muito para dizer, mas não tenho pachorra.

quinta-feira, novembro 04, 2010

Please don't please

Verdades!...
(imagem retirada daqui)

A maior parte do meu tempo acordada passo-o a tentar agradar. Principalmente aos outros. Nos últimos tempos tenho tentado inverter essa estúpida tendência. Mas não sou grande espiga nisso.